sexta-feira, 13 de agosto de 2010

O Consolador Prometido

Todos nós sabemos o quão antigo é o Livro Biblia, também sabemos que o termo Biblia é uma derivação do Grego Biblos, que por sua  vez significa: “conjunto de livros”.
É isso mesmo! A Biblia nada mais é que uma compilação de livros que foram reunidos por volta do segundo século da era Cristã.
Imaginem a dificuldade para fazer tal compilação. Podemos fazer um paralelo com os dias atuais, tente conseguir documentos, somente documentos de nascimento e óbito de seus tataravós, é um trabalho Hercúleo, ou seja, quase impossível, agora imaginem esta tarefa  aplicada há mais de 18 séculos, podemos multiplicar as dificuldades por milhões.
Mas o preâmbulo acima somente nos serve para começarmos a pensar racionalmente no que lemos ou no que acreditamos.
Apesar de perdas quase que irreparáveis, ensinamentos deixados por Jesus Cristo resistiram ao tempo e os reveses da  humanidade.
Hoje separamos um desses ensinamentos de Jesus, no qual se baseia a Doutrina Espírita, ei-lo:
“ Se me amais, guardai os meus mandamentos, e eu rogarei a meu Pai e ele vos enviará o outro consolador, a fim de que fique eternamente convosco: - O espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê e absolutamente não o conhece. Mas quanto a vós, conhecê-lo-eis, porque ficará convosco e estará entre vós.
- Porém, o Consolador, que é o Santo Espírito, que meu Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fara recordar tudo o que vos tenho dito. (S. JOÃO, cap XIV, vv. 15 a 17 e 26)”.

“O Espiritismo vem, na época predita, cumprir a promessa do Cristo: preside ao seu advento o Espírito de Verdade. Ele chama os homens à observância da lei; ensina todas as coisas fazendo compreender o que Jesus só disse por parábolas. Advertiu o Cristo: “ Ouçam os que tem ouvidos para ouvir”. O Espiritismo vem abrir os olhos e os ouvidos, porquanto fala sem figuras, nem alegorias; levanta o véu intencionalmente lançado sobre certos mistérios. Vem, finalmente, trazer consolação suprema aos deserdados da Terra e a todos os que sofrem, atribuindo causa justa e fim util a todas as dores.” ( O Evangelho segundo o espiritismo, cap VI),

Algumas pessoas questionam os ensinamentos do Espiritismo, porém se fizermos uma profunda análise nos textos codificados por Allan Kardec e ditados pelo Espírito de Verdade encontraremos, racionalmente, respostas para todos os nossos questionamentos.
Por hoje é só, continuaremos o mais breve possível.
Que a Paz de Jesus Cristo possa estar sempre conosco.


2 comentários:

Marta Benicá disse...

Esse é o melhor blog que estou seguindo, parabéns, bela criação. Beijo.

Desenhos Criativos disse...

Aí pai, hein? Blog sinistro, ficou legal!!! =)
Bjs,tchau!